“Mourning Objects” por Anna Schwamborn

A morte é um assunto que evitamos tocar e trazer connosco. No entanto todos, a dada altura da nossa vida, passamos por experiências de perda de pessoas próximas. A forma como se lida com isso pode até ser transposta para design.

A morte é um assunto que evitamos tocar e trazer connosco. No entanto todos, a dada altura da nossa vida, passamos por experiências de perda de pessoas próximas. A forma como se lida com isso pode até ser transposta para design. Como é o exemplo deste conjunto de peças de joalharia “Mourning Objects” pela designer Anna Schwamborn, que pode ser considerado fascinante por uns ou mórbido e repulsivo por outros.

Consiste em adornar objectos que usamos todos os dias, como porta-chaves, com pedaços de cabelo de um falecido, cuja morte foi sentida e cuja recordação se torna necessária. Engraçada a forma como um objecto de design e a reflexão sobre ele envolve muito mais do que estética, gosto pessoal e usabilidade. Estão aqui em jogo sentimentos, recordações e a própria presença física de material biológico que pertenceu ao ente querido perdido. Uma ode à pessoa falecida ou um banalizar da sua presença/ausência? Goste-se ou não, não pode deixar de se achar curioso e de nos fazer pensar.

Tags from the story
,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.