Lee celebra 120 anos de história

A Lee, a lendária marcas de jeans, celebra este ano um aniversário muito especial: 120 anos, desde a sua criação em 1889! Nunca esquecendo que a sua reputação é sinónimo de constante inovação, a histórica marca apresenta uma cronologia que se confunde com a própria história do denim.

A Lee, a lendária marcas de jeans, celebra este ano um aniversário muito especial: 120 anos, desde a sua criação em 1889! Nunca esquecendo que a sua reputação é sinónimo de constante inovação, a histórica marca apresenta uma cronologia que se confunde com a própria história do denim.

Quem produziu os primeiros jeans com fecho?
Quem inventou as jardineiras?
Quem criou o primeiro blusão de ganga de corte ajustado?

Em 1911, desenhou o Bib Overall (jardineira com peitilho) e o famoso fato-de-macaco Union-All seguiu-se, em 1913.

Quando em 1926, a Lee coloca o primeiro fecho nuns jeans, torna-se responsável por um avanço de design que ainda hoje tem impacto na forma como milhões de pessoas os vestem em todo o mundo. Um ano antes, a marca já tinha utilizado o primeiro fecho numas jardineiras, criando outra peça icónica: o Whizit.

O blusão de ganga Lee Rider Jacket (101J) foi também uma revolução em 1931: é o primeiro blusão cujo corte estreito e ergonómico permitia uma maior sensação de movimento a quem o vestia, podendo até ser utilizado por baixo de um outro casaco.

Já o Storm Rider Jacket, um dos blusões mais famosos da Lee, seguiu-se em 1933, como versão de Inverno do 101J. Apresenta um forro em manta de lã do Alaska,  colarinho em bombazine e foi vestido por várias estrelas de cinema, onde se incluem Marilyn Monroe e Paul Newman.

O impacto da Lee aumentou em 1955, o ano em que James Dean utilizou uns jeans da marca no filme “Rebelde Sem Causa”. Os jeans iniciaram nesse período uma transformação importante: Abandonavam o estatuto de roupa de trabalho e tornavam-se apelativos a todos.

Em 1963, a Lee chegou à Europa e tornou-se uma marca global. Quatro décadas mais tarde, abre a sua primeira loja na mítica Carnaby Street em Londres, cimentando ainda mais a sua reputação pioneira. Com uma história e peças dignas de escrever um ou dois livros, o desejo de inovação continua bem presente na marca.

A JANELA URBANA DESEJA OS PARABÉNS À LEE!

www.lee.com

Também poderás gostar



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.