Tito Paris e Jorge Palma em concerto e em Lisboa

A iniciativa “Sons Íntimos” - com assinatura da Praça Nova - traz ao palco do Cinema S. Jorge, em Lisboa, dois concertos impossíveis de perder: Tito Paris a 14 de Maio e Jorge Palma a 15 de Maio.

A iniciativa “Sons Íntimos” – com assinatura da Praça Nova – traz ao palco do Cinema S. Jorge, em Lisboa, dois concertos impossíveis de perder: Tito Paris a 14 de Maio e Jorge Palma a 15 de Maio.

Sons Íntimos é o conceito escolhido para a realização de dois espectáculos, num espaço acolhedor, em que os artistas – Jorge Palma e Tito Paris – irão tocar tão próximo do seu público, como se estivessem sentados na sala, lado a lado, com a audiência. O objectivo destes espectáculos é apresentar estes dois reconhecidos artistas num ambiente íntimo, de proximidade com o público, criando também um momento único de cumplicidade entre música, artistas e público. Vê-los e ouvi-los neste registo será uma oportunidade exclusiva de apreciar duas das mais carismáticas referências do panorama musical, em Portugal.

Tito Paris, cabo-verdiano, está habituado a andar com a viola às costas como se estivesse em São Vicente, sua ilha natal em Cabo Verde. Sempre pronto para tocar e cantar, partilhando momentos íntimos de carinho e confraternização com amigos e desconhecidos. Neste espectáculo, Tito trará a sua viola e os seus amigos músicos, para criar uma noite de morabeza “carinho”.

Jorge Palma é um dos mais talentosos artistas nacionais, contador de histórias e criador de temas que são bandas sonoras das nossas vidas, vem, neste concerto, trazer-nos mais um pouco da sua alma. Jorge Palma, faz-se acompanhar por Vicente Palma (piano, guitarra, voz) e Gabriel Gomes (acordeão).

Com esta iniciativa, a Praça Nova, organizadora de eventos culturais, escolheu organizar dois grandes concertos, marcados por um espírito intimista e de partilha de sons e sensações, para marcar o inicio da temporada de espectáculos ao vivo na capital.

Tito Paris dia 14 de Maio
Jorge Palma dia 15 de Maio
21:30h > Cinema São Jorge

Deixa-nos o teu comentário: