A vista da minha janela: Marta Oliveira

"É a vista da minha pequena janela que marca, num canto da foto, uma hora e alguns minutos no relógio do Arco da Rua Augusta e me oferece esta vista sobre os telhados de Lisboa e que me atira para o Rio Tejo e para o céu da cidade sempre cheio de luz, 'abençoada' pelo Cristo Rei!"

A Marta Oliveira envia-nos a vista da sua janela para Lisboa:

“É a vista da minha pequena janela que marca, num canto da foto,  uma hora e alguns minutos no relógio do Arco da Rua Augusta e me oferece esta vista sobre os telhados de Lisboa e que me atira para o Rio Tejo e para o céu da cidade sempre cheio de luz, ‘abençoada’ pelo Cristo Rei!”


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.