“Somewhere Else” no Espace culturel Louis Vuitton

Na sua 14.ª exposição, o Espace culturel Louis Vuitton apresenta uma nova variação sobre o tema das viagens ao escolher revelar o «Somewhere Else» de dezoito artistas «expedicionistas». A expedição torna-se um empreendimento artístico…

Na sua 14.ª exposição, o Espace culturel Louis Vuitton apresenta uma nova variação sobre o tema das viagens ao escolher revelar o «Somewhere Else» de dezoito artistas «expedicionistas». A expedição torna-se um empreendimento artístico…

Há um número cada vez maior de artistas a escolher este quadro de actuação: relocalizar a criação para a definir de forma diferente, partindo e instalando ou produzindo a obra de arte fora do seu ambiente convencional.

A natureza da expedição a que estes artistas se dedicam pode ter enormes variações. Neste movimento, neste encontro com novos espaços e outros humanos — às vezes distantes, outras vezes próximos, mas sempre “outros” — o artista tem a oportunidade de criar algo único, caracterizado, em primeiro lugar, pela sua natureza deslocada.

A exposição Somewhere Else será inaugurada simbolicamente com o trágico exemplo de Bas Jan Ader, que, em 1975, tentou atravessar o Atlântico num barco à vela inadequado, o que lhe custou a vida, e com o exemplo lendário de Giovanni Anselmo, que escalou o Stromboli numa expressão de contacto com o infinito. Prestará também homenagem à obra artística — pioneira no género — de Paul Gauguin no Pacífico. Esta experiência de base realça a necessidade poética da despedida: a sensação de que a verdadeira arte só pode existir e florescer «somewhere else».

O outro lugar geográfico é explorado por um conjunto de artistas na exposição: Joanna Malinowska,é quem viaja para mais longe, para as hostis regiões do Ártico. Laurent Tixador e Abraham Poincheval experimentam um outro lugar subterrâneo durante uma inédita aventura móvel troglodita. Fernando Prats captura os traços de uma erupção vulcânica. Fabrice Langlade planeia instalar uma ponte de porcelana na estepe da Mongólia. Luc Mattenberger parece ter agarrado a Lua, ao passo que Laurent Mulot desenha centros de arte fantasma em locais inusitados.

A busca do Outro, na sua necessidade de interacção, leva a obra de Yann Dumoget, bem como a de Marc Horowitz, para um registo idiossincrático e eufórico. Lucy e Jorge Orta demonstram um forte compromisso para com a abolição das nacionalidades. A expedição toma também a forma da memória de uma experiência distante, como acontece com a obra levada a cabo por Tïa-Calli Borlase. Para Olivier Leroi e para Alix Delmas, o outro lugar é não apenas geográfico mas também contextual. Algumas pessoas esperam, da expedição, informação sobre o estado do mundo, enquanto outros a vêem como um teste e outros ainda como aventura. Ao ponto de chegar, como acontece com Andreas Angelidakis, à derradeira criação: partir para explorar mundos virtuais gerados pela civilização digital.

Artistas: Paul Gauguin, Giovanni Anselmo, Bas Jan Ader Andreas Angelidakis, Tïa-Calli Borlase, Alix Delmas, Yann Dumoget, Marc Horowitz, Fabrice Langlade, Olivier Leroi, Joanna Malinowska, Luc Mattenberger, Laurent Mulot, Lucy + Jorge Orta, Fernando Prats, Laurent Tixador and Abraham Poincheval

O Espace culturel Louis Vuitton fica na Rrue de Bassano, 60 em Paris
http://www.louisvuitton.com/espaceculturel/

Também poderás gostar



Tags from the story

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.