Diesel Black Gold PV11

A linha Diesel Black Gold propõe para a estação Primavera-Versão 2011 “Uma carta de amor à arte, ao artesanato e à cena musical da Costa Ocidental Americana”.

A linha Diesel Black Gold propõe para a estação Primavera-Versão 2011 “Uma carta de amor à arte, ao artesanato e à cena musical da Costa Ocidental Americana”.

A criatividade selvagem do movimento artístico e artesanal da Costa Ocidental, o espírito livre dos festivais de rock e as paisagens ensolaradas da Califórnia, todos contribuíram para inspirar a última colecção Diesel Black Gold desenhada por Sophia Kokosalaki.

As peças parecem artesanais, como que remendadas e costumizadas pelos seus utilizadores. As cores são suaves e difusas: rosas empoeirados, cinzas e bronzes. Profundamente enraizado no ADN Diesel, um estilo vintage atravessa toda a colecção sugerindo roupas que foram amadas e usadas durante Verões sem fim. A influência indomável do rock and roll vem acrescentar um toque sensual. Cenários do deserto pintados à mão e cactos com formas peculiares – aparecem como joalharia, malas ou sapatos – transportam o utilizador para o lado mais austero da Califórnia.

A colecção é fluida e contemporânea, mas com um toque de nostalgia: veja os tratamentos vintage, os detalhes em pele, as calças largas e os casacos estruturados em camurça e couro.

Outras peças tecem patchwork de elementos florais, lembrando experiências com fusões de tecidos. Os elementos naturais como flores e folhas matem um dialogo entre a Costa Ocidental e a natureza. Os festivais ao ar livre transformam-se em rituais pagãos.

Desfile
Tags from the story

Deixa-nos o teu comentário: