MOLESKINE

Era uma vez um caderno... Lembro-me muito bem do meu primeiro moleskine. Comprei-o numa pequena papelaria no Largo do Calhariz em Lisboa. Já o tinha visto antes a ser usado por um desconhecido que desenhava numa esplanada da cidade e foi realmente amor à primeira vista.

Era uma vez um caderno…

Lembro-me muito bem do meu primeiro moleskine. Comprei-o numa pequena papelaria no Largo do Calhariz em Lisboa. Já o tinha visto antes a ser usado por um desconhecido que desenhava numa esplanada da cidade e foi realmente amor à primeira vista. Possuía todas as características que eu sempre procurei num caderno: pequeno, pratico, discreto e com o elástico que não o deixa abrir-se. Antes de o comprar não fazia a menor ideia da longa historia que o mesmo tinha, escondida na pequena bolsa interna.

Conta-se que grandes pensadores e artistas como Pablo Picasso, Ernest Hemingway, Vincent Van Gogh e Bruce Chatwin o utilizaram como suporte para as suas ideias e devaneios. Este durante mais de um século foi produzido por um encadernador francês de Tours que o fornecia às papelarias parsienses muito frequentadas pelos artistas e escritores da vanguarda. “Este fiel companheiro de viagens guardou esboços, notas, histórias e ideias antes de se tornarem pinturas famosas ou livros aclamados.”

Em meados dos anos 80 o moleskine deixou de estar disponível uma vez que o seu fabricante decidiu encerrar as portas do brilhante negócio mas para felicidade de todos os viciados do desenho e da escrita, em 1997 um editor de Milão recuperou o pequeno caderno lendário, que rapidamente se transformou num instrumento criativo de eleição e ao mesmo tempo símbolo do nomadismo contemporâneo.

Moleskine é hoje em dia uma marca que identifica uma família de objectos volantes dedicados à nossa identidade móvel e disponíveis em diversos formatos, cores e temas. Elementos ágeis e essenciais que acompanham o quotidiano e algumas vezes o extraordinário das nossas vidas. Uma vez que se possui um passa a ser uma parte da nossa personalidade, parte de nós próprios.

www.moleskine.com

Também poderás gostar



Tags from the story

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.