De olhos postos em Japayork

Japayork tem 23 anos e divide a vida entre o design gráfico e a música. Não se lhe conhece nome real nem localização exacta, mas sabemos que vive entre Londres, Nova Iorque e Los Angeles. Quando não está a escrever música para si próprio está a remisturar temas para outras bandas.

Japayork tem 23 anos e divide a vida entre o design gráfico e a música. Não se lhe conhece nome real nem localização exacta, mas sabemos que vive entre Londres, Nova Iorque e Los Angeles. Quando não está a escrever música para si próprio está a remisturar temas para outras bandas. Quando não está a organizar festas semanais em Londres está a desenhar capas de discos e cartazes para concertos de amigos. Se lhe perguntarem de onde é, ele responde “do futuro”. Numa época onde em dois segundos conseguimos “conhecer” aquilo que nos é distante, a aura de mistério em torno deste rapaz tem sido uma ferramenta fundamental para aumentar o interesse em torno da sua música.

Foi em 2010 que o conhecemos pela primeira vez, quando disponibilizou gratuitamente o tema “Our Now”, uma espécie de pérola synth-pop negra que rapidamente ganhou aceitação nos blogs de referência. O vídeo (ver em baixo) foi também ele criado pelo músico/designer. Processado em preto e branco, apresenta-nos um interessante jogo gráfico entre desenho e tipografia, intercalado por breves flashes de imagens fotográficas. A imagem do autor aparece por apenas breves segundos, mantendo a aura de mistério que aparentemente seria inicialmente procurada.

Mas o anonimato na pop é algo difícil de manter. O interesse revelado levou o site Pop Justice (um blogs musicias de referência) a financiar o lançamento de um vinil de 7 polegadas para o single “Teenagers”, um tema escrito depois de uma noite de festa com um grupo de amigos que se juntavam para esquecer os empregos miseráveis que onde se encontravam, bem como uma série de outros problemas mundanos. Conta Japayork: “Mesmo que não nos sintamos felizes quando estamos presos no emprego, na escola ou onde quer que seja, assim que nos encontramos com o nosso grupo de amigos para beber e dançar, tudo parece melhorar, mesmo que apenas momentaneamente. A música fala de pessoas que se juntam para esquecer aquilo que se fez ontem, e ajuda a fazer isso mesmo.”. Em suma, “Teenagers” serve como uma espécie de hino a momentos de boémia entre amigos, entendida esta enquanto terapia de descompressão (vídeo em baixo).

Actualmente sabemos que Japayork tem estado em Los Angeles a trabalhar num primeiro álbum de originais. Têm sido sido reveladas algumas músicas no site oficial do cantor dos quais aconselhamos o tema “After Life”, straightforward-pop guiada por acordes de guitarra aos quais rapidamente se sobrepõe uma parefernália de sintetizadores e sonoridades 8-bit absolutamente deliciosas. A abrir o apetite para aquele se espera que seja um excelente álbum de estreia, quem sabe ainda algures este ano.

Video “Our Now”:

Vídeo “Teenagers”:

Também poderás gostar



Tags from the story
,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.