ID: Ana Gomes

Fotografia: João Bacelar
Blogger Lisboa
Fotografia: João Bacelar

ANA GOMES, Lisboa

Blogger

Descreve-nos o teu trabalho em três palavras.
Barbie, Agendas, Cultura

Qual a primeira coisa que pensas quando acordas de manhã?
“Onde é que está o post-it com tudo o que tenho que fazer hoje?!”

Em pequena, o que querias ser quando fosses grande?
Queria ser bióloga. Mas não faço ideia porquê. Só não duvido que tive um dia este sonho, porque nos livros de dedicatórias dos professores da escola tenho 3 ou 4 que dizem “para a nossa futura bióloga, um grande beijinho”. Aparentemente tenho algum jeito para a farsa, porque isto é no mínimo ridículo. Depois quis ser actriz, e escrever. Fiquei no meio caminho entre uma coisa e outra. Na verdade o que sempre quis ser –  Drama Queen – mas não “quando fosse grande” . Queria ser a vida toda.

Quais os teus ídolos?
Uma resposta bonita seria a minha família. Neste caso, é mesmo uma resposta verdadeira. Tenho alguns génios criativos como referência. Mas idolatrar dá-me comichão.

Quais foram as férias mais inesquecíveis e insólitas que fizeste na vida?
As férias mais insólitas da minha vida aconteceram numa altura em que estava a precisar de mudar de ares e me meti numa caravana com um grupo de malta, onde só conhecia uma pessoa. O destino era a ilha de Tavira e um acampamento civilizado. Acabou num acampamento selvagem na praia de Sagres e, uma “invasão” de propriedade no meio de uma aldeola algarvia. Inesquecível foi a minha viagem à Jamaica. Acho que temos muito que aprender com a forma de estar dos Jamaicanos.

Tens animais de estimação?
Tenho uma cadela, Pipas D’Andaluzia. Rafeira e maravilhosa! Para além disso tenho imensos bichos do papel. Foram eles que me adoptaram e passam mais tempo em minha casa do que eu.

Cantas no chuveiro? O quê?
Quando vivia com o meu irmão cantava. Geralmente o que ele estava a ouvir. Agora durmo no chuveiro. É uma óptima forma de rentabilizar o tempo. Sou pró-activa.

Ainda vês televisão ou cedeste à internet?
Sou uma vendida à Internet. Não vejo televisão, mas porque não tenho tempo. Contínuo a pagar um contrato pouco apetecível que mantenho com a Zon… mas nunca estou em casa, por isso não tenho mesmo como ver. A consequência? Tenho de ver resumos no youtube dos “hits” do momento. É que não gosto mesmo nada de me sentir excluída das fofocas.

Qual é o melhor sítio para te inspirares?
O melhor sitio para me inspirar é o Chiado. Adoro morar ali ao lado, a mescla urbana dá-me um bocadinho de tudo o que gosto de ter na minha vida.

O que andas a fazer neste momento?
O que não ando a fazer neste momento? Acho que daria uma resposta mais sensata. Sou produtora no Teatro Municipal Maria Matos em Lisboa. A minha licenciatura trouxe-me até aqui. De resto sou uma apaixonada pela cultura e pela escrita, nesse sentido decidi começar um projecto como bloggerA Melhor Amiga Da Barbie – ou a melhor forma de aceder aos conteúdos dos quais gosto e sobre os quais quero falar. Ao mesmo tempo colaboro com o suplemento de cultura – Tentações – da revista Sábado. E pontualmente faço trabalhos de styling e produções na área da moda – acabei recentemente uma pós-graduação em consultoria de imagem. Estou doida para voltar a estudar.

Deixa-nos o teu comentário: