SHO®T: Inês Meneses

Comunicadora por natureza, Inês Meneses começou a trabalhar na rádio aos 16 anos e nunca mais parou, e lá pelo meio ainda arranjou tempo para fazer televisão e escrever. Ah, e para ser mãe, que é o seu maior orgulho.
[wide]inesmeneses[/wide]

Inês Meneses é mulher para nos tirar o fôlego, só ao enumerar as coisas que já fez e faz. Comunicadora por natureza, começou a trabalhar na rádio aos 16 anos e nunca mais parou, e lá pelo meio ainda arranjou tempo para fazer televisão e escrever. Ah, e para ser mãe, que é o seu maior orgulho. Actualmente, podemos ouvi-la no programa”Fala Com Ela”, na Radar, e em “O Amor É”, um programa sobre amor e sexualidade com o Prof. Júlio Machado Vaz, na Antena 1. 

Qual a tua primeira memória?

Do meu baptizado. De ter pedido ao padre para não me por água (benta) ‘ali’ porque uma melga me tinha picado. Tinha 3 anos.

 

 O que querias ser quando tinhas 12 anos?

Ainda queria ser veterinária. Nós pensamos que queremos salvar os animais, mas no fundo é a nós próprios que estamos a querer salvar (do mundo).

 

Uma palavra que odeies e uma que ames…

Amo a palavra “prado” (que se usa mais no feminino ;) ) e odeio a palavra/verbo “falecer”, porque retira dignidade à morte.

 

Uma coisa que nunca vestirias…

Um top de lycra + aquelas intrigantes alcinhas de soutien de borracha transparente (é silicone?) que ninguém pensa que se vê, e que todos vemos.

 

O que tens na tua mesa de cabeceira neste momento?

Um guardanapo do Halloween deixado pela minha filha, um bilhete de amor que me voltou às mãos e que diz: “O tempo que passo contigo não chega para matar as saudades que tenho de ti”.

 

A coisa que mais te enche de orgulho…

A minha filha, em todos os seus gestos.

 

Se a tua vida fosse um filme ou uma cena de um filme, qual seria?

O Denis Lavant no “Mauvais Sang” do Leos Carax a correr ao som do “Modern Love” e agora a mesma cena com a Greta Gerwig no “Frances Ha”. Sempre a fuga.

 

Tags from the story
, , ,