Style Crush: GIRLS

Girls não é a série televisiva típica. Tem tanto de real como de absurdo como de brilhante. E é deliciosamente neurótica, cómica e indecente.

Girls é a imperdível série escrita e dirigida pela fabulosa Lena Dunham, que nos mostra as erráticas vidas de quatro raparigas nos seus mid-20s em Brooklyn, Nova Iorque, nos dias de hoje. Girls não é a série televisiva típica. Tem tanto de real como de absurdo como de brilhante. E é deliciosamente neurótica, cómica e indecente.

Hannah (Dunham), aspirante a escritora, é tonta e narcisista; Marnie (Allison Williams), assistente de galerista, é empertigada e carente; Jessa (Jemima Kirke), é ex-toxicodependente e tem problemas de empatia; e por fim, Shoshanna (Zosia Mamet), talvez a melhor personagem de todas e com as deixas mais hilariantes, é borbulhante, ingénua e a derradeira voz da razão.

Girls
Marnie (Allison Williams), Jessa (Jemima Kirke), Hannah (Lena Dunham) e Shoshanna (Zosia Mamet)

Além do factor humorístico e de todas as questões pertinentes abordadas na série, há outro tema a explorar: o guarda-roupa. Girls é o oposto ao Sexo e a Cidade ou Gossip Girl: não é uma série movida pelas grandes marcas ou por tendências. Reclama, ao invés, uma autenticidade crua. O tema geral é representar todas as nossas escolhas questionáveis que passamos quando estamos à procura do nosso equilíbrio. Longe do glamour dos saltos Louboutin ou dos vestidos Chanel, a série incorpora peças vintage, em segunda mão e acessíveis. No entanto, o guarda-roupa quase consegue tornar-se ele próprio uma personagem, tal como nas outras séries. Acompanha estados de espírito e evolui com as personagens.

Hannah Horvath, a personagem principal, é geralmente desajeitada e as peças espelham essa instabilidade e infantilidade. Ligeiramente preppy cool, adora temas e padrões peculiares, combinando-os sem dó e com uma desconsideração agradavelmente livre por aquilo que a norma considera lisonjeiro para a sua figura.

Marnie é clássica e chic, pois tenta espelhar a ideia de sucesso associado à imagem da housewife do subúrbio. Procura os vestidos elegantes e estruturados, e usa saltos em festas grunge.

Jessa é a ecléctica, a personagem com o estilo mais admirado. Poderia ser a típica boho chic, mas Jessa não é um cliché, e muito menos trendy. Vale a pena acompanhar os fantásticos vestidos longos, kimonos, calças estilo palazzo, peças com franjas, os penteados e os acessórios.

A hilariante Shoshanna é o estilo girly. Adora folhos, borboletas, flores e os tons pastéis. O mote é estar totalmente extraordinária em qualquer ocasião, principalmente nos penteados. O cabelo da Shoshana é quase uma personagem por si próprio, e isso relembra-nos a sua versatilidade na expressão do nosso estilo pessoal. Como já dizia a Chloë Sevigny, o cabelo é um acessório.

A 5ª temporada acabou de estrear e com ela esperamos pelas desventuras destas quatro raparigas e, claro, pelos outfits que as acompanham.

Tags from the story
, , ,