Style Crush: Roísín Murphy

Roísín Murphy encontrou inspiração no sótão da sua tia, onde esta acumulava todas as suas roupas dos anos 60, juntamente com tiaras que tinha ganho em concursos de beleza e o seu vestido de casamento que usava regulamente para passear pela cidade.

Os seus fashion icons mudam regularmente. Vão desde Jane Fonda no filme Klute, à sua mãe com quem se sentava a ver filmes e ambas desenhavam os vestidos. Grace Jones, onde encontrava um look dramático. Gosta também de Vivienne Westwood que considera uma casa com uma grande visão, Martin Margiela e Viktor & Rolf. Uma coisa é certa: Roísín nunca quis ser vista como um esboço da sociedade e sempre usou a moda para se expressar.

Atreve-te a ser diferente

O seu visual é um misto entre o dramático e o clássico, encontrando sempre um equilíbrio entre ambos. Desde os penteado elaborados, aos cortes simples, algo boyish, ou na roupa é frequente vê-la em looks oversized equilibrados com peças justas, normalmente em tons discretos, mas com cortes e apontamentos marcantes, sejam nas roupas ou simplesmente nos acessórios.

Tags from the story
,