“Gravitar à volta do centro” Ciclo de Cinema Húngaro Contemporâneo

Este ciclo é composto por oito filmes (rodados entre 2002 e 2010), muito diferentes entre si, de oito realizadores cujo principal ponto de ligação é o facto de pertencerem à mesma geração (nasceram todos, excepto um, na década de 1970)

Este ciclo é composto por oito filmes (rodados entre 2002 e 2010), muito diferentes entre si, de oito realizadores cujo principal ponto de ligação é o facto de pertencerem à mesma geração (nasceram todos, excepto um, na década de 1970). Alguns deles foram da mesma turma na Academia de Teatro e Cinema de Budapeste, sob a orientação de Sándor Simó, mas aquilo que provavelmente mais os caracteriza é terem aprendido a construir a sua própria linguagem cinematográfica. Assim se explica esta escolha de filmes tão diferenciados entre si.

Podem talvez coincidir em alguma distanciação em relação ao que filmam, numa certa indiferença anti-emocional, num realismo despojado de sucesso e de felicidade, numa vertente documentarista real ou moldada. Afastam-se, no entanto, em termos de ritmo, de montagem e de tratamento do texto – veja-se por exemplo o silêncio e o estatismo de Via Láctea ao lado do perverso onírico-literário de Bibliothèque Pascal ou do policial desconstruído em O Investigador – ou no modo como captam e retratam uma nova sociedade húngara: ainda idealista ou ingénua em Doce de Leste, mas já desintegrada e destacada do mundo em Delta.

Dos filmes que serão apresentados, destacamos, pela sua projecção no meio cinematográfico, Delta de Kornél Mundruczó (prémio FIPRESCI em Cannes, 2008), Bibliothèque Pascal de Szabolcs Hajdu, Adrienn Pál de Ágnes Kocsis (Prémio FIPRESCI em Cannes, 2010) e Via Láctea de Benedek Fliegauf (Leopardo de Ouro em Locarno, 2007).

Para ver um pouco destes filmes, ficam aqui alguns trailers:

Delta, de Kornél Mundruczó, 2008

A viagem de Iszka, de Csaba Bollók, 2007

O Investigador, de Attila Gigor, 2007

Adrienn Pál, de Ágnes Kocsis, 2010

Bibliothèque Pascal, de Szabolcs Hajdu, 2010

Mais informações em www.culturgest.pt

Tags from the story

Deixa-nos o teu comentário: