Jornal Pedal

Janeiro é o mês que marca o lançamento do primeiro número do jornal Pedal. Publicação mensal e gratuita, tem como objectivo divulgar toda a cultura inerente ao movimento urbano que aposta na bicicleta como meio de transporte nas cidades e cujo crescimento começa a ser cada vez mais notório.

Janeiro é o mês que marca o lançamento do primeiro número do jornal Pedal. Publicação mensal e gratuita, tem como objectivo divulgar toda a cultura inerente ao movimento urbano que aposta na bicicleta como meio de transporte nas cidades e cujo crescimento começa a ser cada vez mais notório.

Defendendo a vivência sustentável em espaço urbano e a utilização da bicicleta como transporte prioritário, o jornal nasce da “necessidade de criar mais plataformas e marcar uma presença para que este movimento se torne algo real na nossa sociedade e nas mentalidades das pessoas.” Acima de tudo, o Pedal é “um jornal cultural, um instrumento para divulgar e comunicar o que se faz de interessante nas mais variadas disciplinas criativas; mas é também um manifesto, um diálogo de ideias e, ao mesmo tempo, uma tentativa de conseguir trazer para Portugal uma atitude que é banal noutras metrópoles europeias — o uso da bicicleta como meio de transporte — e a partir daí usar essa atitude para fazer mais, para além do que este jornal possa sugerir”, como é referido no editorial
da primeira edição.

Independente, o Pedal é o resultado da paixão de Bráulio Amado, Filipe Gil, João Pinheiro e Luís Gregório pelo universo das bicicletas. Isto traduz-se, essencialmente, em entrevistas e reportagens, com uma aposta forte na fotografia e em ilustrações. Haverá, ainda, espaço para editorial de moda, banda desenhada e outros pontos de interesse para a comunidade e simpatizantes da cultura da bicicleta.

Com edição impressa e online, é uma publicação a cores, com uma tiragem inicial de cinco mil exemplares e será distribuído, para já, nas cidades de Lisboa, Porto, Aveiro e Faro. A edição em pdf e demais informações estarão disponíveis no Facebook, Twitter e no Tumblr.

Em Outubro, foi lançado o número zero, que funcionou como manifesto e apresentação deste projecto que faz parte de “uma comunidade já existente e isso só é possível com uma troca e colaboração entre pessoas, ciclistas ou não, mas que mesmo tendo ideias diferentes, pedalam na mesma direcção”.

Mais informações em:
www.facebook.com/JornalPedal
twitter.com/JornalPedal
jornalpedal.tumblr.com

Tags from the story
,

Deixa-nos o teu comentário: