Trienal Movimento Desenho 2012
[wide][/wide]

A Trienal Movimento Desenho 2012 decorrerá, pela primeira vez em Portugal, entre 15 de Outubro e 15 de Dezembro, tem como principal missão a divulgação do Desenho, dos autores portugueses e do trabalho desenvolvido por agentes culturais. Com a dinâmica de uma rede de parceiros em todos os distritos de Portugal, divulgará o Desenho unindo esforços, criando agenda, massa crítica e relações duradouras.

Existem projetos que nascem de inspirações súbitas. A Trienal Movimento Desenho teve este percurso, desenhado por Ana Neves Guerreiro (artista plástica e fundadora da Art Assets) que teve, antes de tudo, uma intuição. “Sentia que o desenho era subvalorizado. Perde-se como um meio para o fim”, explica a artista “Por isso, o primeiro passo para o projeto foi uma conversa informal com uma amiga que tinha anos de trabalho nesta relação entre cultura, arte, cidadania.” O repto foi lançado a Inês Bettencourt da Câmara, fundadora e directora da Mapa das Ideias e, em poucos dias, um plano foi desenhado a várias mãos. À Ana e à Inês, juntaram-se Cláudia Almeida, Sofia Borges, e Patrícia Remelgado.

Entre contactos pessoais e institucionais, desenhou-se um grupo de trabalho invulgar que cruza as muitas dimensões do Desenho.

O ecletismo é, um dos traços da Trienal Desenha’12. Não tem um tema e não se centra num único comissário. Na realidade, conta com cinco comissários centrais e com 128 parceiros que são livres e independentes na sua programação e que trabalham o desenho com diferentes visões artísticas e materiais, eventos/ações em redor do Desenho que permitirá a valorização da sua diversidade assim como o cruzamento disciplinar. 

Todas as diferentes vertentes e expressões do desenho estarão reunidas num só movimento, num só momento.

Múltiplos acontecimentos sobre e com desenho serão apresentados nestes 62 dois dias, desvenda-mos alguns:

No Porto, ACA – Associação Casa da Arquitectura vai organizar uma exposição de desenhos à mão livre de arquitetos com os quais a ACA tem acordos de cedência de espólio, na sua sede. No âmbito da formação, vai promover um workshop sobre desenho dirigido a estudantes de arquitetura e um ciclo de conferências sobre o desenho, numa perspectiva interdisciplinar, juntando um arquiteto, um pintor, um filósofo, um especialista em Ciência política. Também vai publicar um livro sobre a importância do olhar no desenho, de Nuno Higino: uma leitura de alguns desenhos de Álvaro Siza a partir do filósofo Jacques Derrida.

Nas Caldas da Rainha, Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual vai promover um festival de desenho e uma oficina de desenho na sua sede e um encontro de diários gráficos em Vila do Conde. Todos os eventos são abertos à comunidade. O festival e o encontro de diários gráficos são no exterior. O intuito é promover o gosto pelo desenho, valorizar o meio cultural da zona e partilhar experiências.

Em Lisboa o Museu da Marioneta tendo como ponto de partida a coleção do museu e o espaço arquitectónico no qual está instalado (Convento das Bernardas) pretende estimular a aproximação do público ao desenho através de diversas ações no âmbito da Trienal. Pretende-se que o desenho funcione como uma forma ativa de participação no Museu, promovendo um concurso de desenho, visitas orientadas, oficinas e cursos de desenho.

Mais a sul o Museu de Arte Contemporânea de Elvas no âmbito da trienal apresentará uma exposição de desenho com obras da Colecção António Cachola. Pretende-se evidenciar o processo criativo da obra e os meios envolvidos nesse mesmo processo (desde a ideia até à sua concepção – por exemplo: realização de esboços, a escrita de palavras ou conceitos a serem associados ou ainda o desenho enquanto performance e/ou ato espontâneo de criação).

Para mais informações sobre a programação da Trienal Movimento Desenho e todos os parceiros, visita o site: www.trienalmovimento.org ou a página de Facebook: www.facebook.com/Desenha12

Subscribe

Subscribe now to our newsletter

Ao clicares nesta caixa, concordas (SIM) com os nossa política de privacidade e armazenamento dos teus dados para (e somente) envio te publicações periódicas sobre os conteúdos que publicamos na Janela Urbana.