Paisagens Propícias no Teatro Camões
[wide]
Fotografia:Kostadin Luchansky
Fotografia:Kostadin Luchansky
[/wide]

Paisagens Propícias tem como ponto de partida a vida e obra do cantor, cineasta e antropólogo angolano Ruy Duarte de Carvalho. Sendo o primeiro encontro entre o coreógrafo Rui Lopes Graça e a Companhia de Dança Contemporânea de Angola, este espectáculo de dança mantém-se fiel à matriz experimental da companhia que tem vindo a desenvolver uma estratégia para a criação de novas estéticas para a dança angolana.

Teatro Camões (Lisboa), de 18 a 20 de Janeiro | Teatro Municipal de Bragança, a 23 de Janeiro | Teatro Nacional de S.João (Porto) , 25 e 26 de Janeiro

Subscribe

Subscribe now to our newsletter

Ao clicares nesta caixa, concordas (SIM) com os nossa política de privacidade e armazenamento dos teus dados para (e somente) envio te publicações periódicas sobre os conteúdos que publicamos na Janela Urbana.