Kim Langinotto, mulher de intervenção

Pela primeira vez, chega a Portugal uma retrospectiva sobre Kim Longinotto.
[wide] Cena do filme Dream Girls[/wide]

Pela primeira vez, chega a Portugal uma retrospectiva sobre Kim Longinotto, a documentarista britânica que dedicou a sua vida a denunciar a discriminação e a opressão que caracterizam a condição feminina em países como Irão, Camarões, Quénia, Índia, mas também em realidades mais próximas, como a própria Inglaterra. O trabalho desta corajosa cineasta, que já ganhou o Prémio do Júri na sessão World do Sundance Film Festival e o Prémio Arte e Ensaio no Festival de Cannes, entre outros, já foi apresentado em Portugal, mas nunca de forma tão completa.

A retrospectiva promete levar os documentários de Longinotto a viajar pelo país, primeiro no Porto, no Cinema Passos Manuel, de 28 a 30 Março, depois em Lisboa, no City Classic Alvalade, de 4 a 7 Abril. Depois das sessões, também haverá debates e encontros que contam com a presença da realizadora.

Para não esquecermos que ainda há um longo caminho a percorrer.

Tags from the story
,

Deixa-nos o teu comentário: