10 botas para este Inverno

Quando se trata de moda masculina, gostamos de perguntar a quem sabe. Por isso, pedimos ao Filipe de Colofon, o nosso novo colaborador e ícone-de-estilo-da-casa, que tem um projecto de desenvolvimento de calçado, para nos dar umas sugestões.

Se vivêssemos nos Estados Unidos, a proposta para as 10 botas a ter neste Inverno seria um pouco diferente. Incluiria certamente marcas como a Danner Portland, a Chippewa ou a White’s Boots. Estas marcas produzem calçado para a vida com métodos de construção de extrema resistência. Em caso de cataclismo nuclear, apenas sobreviveriam as baratas, a Toyota e estas botas.

No entanto, fiz uma selecção criteriosa das melhores peças que podem oferecer aos vossos pés neste inverno. Se aguentarem, podem até sair à rua apenas com as botas calçadas. Podem sentir algum frio (com excepção dos pés) mas farão um sucesso! Calma… o sucesso vai ser à custa das botas.

Ei-las:

[wide]Buttero[/wide]

 1. Buttero

A pele com “grão” dá um arrojo especial a estas botas provenientes de Itália. Parecem mesmo saídas de uma herdade na Toscana. Parecem, não, são!

[wide]APC[/wide]

2. APC Forest Boots”

A APC apresenta as Forest Boots com uma sola que nos faz imediatamente lembrar as Doc Martens. Poderia recomendar mil e uma formas de as conjugar.

[wide]JunyaWatanabe-CommedesGarcons[/wide]

3. Junya Watanabe / COMME des GARCONS / Tricker “Cap Toe Boots”

Junya Watanabe e a Comme des Garçons são a combinação certa, isso já sabemos, e a marca da designer Rei Kawakubo também. Estas botas são simplesmente arrebatadoras…

[wide]Missoni[/wide]

4. Missoni “Suede”

Uma camurça de primeira qualidade com uma sola super resistente formam uma bota simples mas que não passa despercebida.

[wide]Santalum[/wide]

5. Santalum “Millestone”

A Santalum é uma marca desconhecida, do outro lado do mundo, que produz calçado inteiramente feito à mão em método Goodyear (o melhor método de construção de calçado). Atenção: não é como algumas marcas cujo calçado é “feito à mão” e, quando nos apercebemos, o único processo manual foi a colocação da etiqueta. A Santalum está a chegar à Europa e vamos, sem dúvida, continuar a segui-la. Um excelente exemplo de arte em calçado.

[wide]Viberg[/wide]

6. Viberg “Chukka”

A Viberg é uma casa com muitos anos que prima pela excelência. Estas botas agarram o pior dos dias de Inverno pelo colarinho e… bem, já sabem!

[wide]Visvim[/wide]

7. Visvim “Virgil”

Ai Visvim… esta marca japonesa é o Fassbender para as mulheres ou a Charlize Theron para os homens. Melhor: quando se conhece a Visvim, esquece-se imediatamente desses dois!

[wide]Yuketen[/wide]

8. Yuketen “Western Chukka”

A Yuketen é uma especialista em mocassins. Adoro a forma como combinam elementos dos nativos americanos com uma distinção muito própria e trendy.

[wide]MrHare[/wide]

9. Mr. Hare

A combinação dos dois materiais é sublime. Bravo Sr. Lebre!

[wide]Nike[/wide]

10. Nike “Free Run 2 Sneaker Boot”

A ideia dos modelos de sapatilhas serem transformados em botas pode não parecer muito boa à partida, mas depois de vermos este exemplo, aceitamos, queremos e começamos à procura de uma loja que as venda.

Subscribe

Subscribe now to our newsletter

Ao clicares nesta caixa, concordas (SIM) com os nossa política de privacidade e armazenamento dos teus dados para (e somente) envio te publicações periódicas sobre os conteúdos que publicamos na Janela Urbana.