Dear Future, a cidade mudou

Enquanto os arquitectos na Trienal de Arquitectura de Lisboa debatem sobre a arquitectura e a cidade do Presente, há quem, a partir do Presente, já imagine a cidade de amanhã. Para isso, foram convidados diferentes arquitectos e ilustradores portugueses para passar para o formato postal, a sua visão de Lisboa daqui a 100 anos. O projecto tem um nome evocativo –Dear Future-, e inspira-se no trabalho do artista francês Jean Marc Coté, que, por ocasião da Exposição Universal de Paris de 1900, criou, no começo do século passado, uma série de postais que retratavam o mundo de um fantástico e longínquo ano 2000. Como então, também os postais do Dear Future estão à venda. Quem os comprar, contribuirá para a exposição Par Avion, mas também poderá contribuir com a própria visão do Futuro, enviando à Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva um postal com desenhos, colagens e textos.

Ilustrações de Duarte Lobo Antunes e Caetano de Bragança.
“Dear Future”, de Duarte Lobo Antunes e Caetano de Bragança.

 

"Dear Future", de Pedro Clarke.
“Dear Future”, de Pedro Clarke.

 

Subscribe

Subscribe now to our newsletter

Ao clicares nesta caixa, concordas (SIM) com os nossa política de privacidade e armazenamento dos teus dados para (e somente) envio te publicações periódicas sobre os conteúdos que publicamos na Janela Urbana.